Cuidado com o “EIS QUE TE DIGO”

Falaaaaa meus irmãos amados do Senhor Jesus, tudo na paz né, de volta com artigo novo e dessa vez polêmico ( qual não é? kkk ) esse é mais kkk.

Já à algum tempo algumas coisas tem me incomodado bastante no que diz respeito a palavra de Deus, e o tema que vou abordar hoje não é diferente, me deixa triste e muito intrigado, querendo entender o por que que muitas pessoas teimam em querer ser “profetas particulares” dentro das igrejas.

Faço uma pergunta à você: Será que muitos não buscam esse don somente pra se sentirem superiores? Se sentirem poderosos, amados, respeitados e causando assim uma dependência de suas revelações? O artigo não busca julgar ninguém, é uma pergunta cuja a resposta nem eu mesmo tenho.

 

Vou deixar alguns pontos interessantes pra analisarmos a questão da profecia:

 

1º – Quando notamos as profecias descritas na bíblia logo vemos que elas não atingiam somente uma pessoa em si…o profeta não chegava pra alguém específico e dizia: olha fulano, Deus disse que não é pra você se casar com aquela mulher, é pra casar com essa aqui. E porque isso?

Bom, primeiro que o Senhor não interfere na escolha, livre arbítrio de uma pessoa, salvoooo, em algumas exceções, tipo: Um rei…a decisão pessoal dele se fosse prejudicar a nação…o povo de Deus, aí sim isso poderia acontecer…Poderia também ser no caso de um sacerdote não estar mais fazendo a vontade de Deus e vir juízo sobre ele e sua casa como foi o caso de Eli.

2º – Uma profecia sempre tem características que devemos analisar:

  • Ela serve para: Ensinar, Confrontar, Alertar, Guiar, Prever…então nota-se que quando alguém diz: Eis que te digo: Deus vai te dar o carro…vai te dar a namorada…Em que essa profecia estaria contribuindo para o bem maior, ou seja, para os propósitos de Deus para seus filhos? Essa revelação se viesse de Deus, poderia ser ouvida, sentida por você ou por mim, por meio de oração, jejum, entrega, busca por santidade e intimidade com o Senhor, imagina só, Isaías, Elias, Samuel, Natã, Jeremias atravessando o deserto simplesmente pra chegar a uma única pessoa pra dizer: “Olha…Eis que te digo: Deus manda dizer que não é pra você vender esse boi, não é pra casar com sua namorada”.

 

3º – Vamos analisar o que Paulo diz:

1 CORÍNTIOS 14:1 –  Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar.

  • Paulo nos pede pra procurarmos mais o dom de profetizar porque ele sabe da importância que é trazer um realinhamento da igreja, dos filhos de Deus, ainda mais em nossos dias, o dom de profetizar é maior do que falar em línguas porque o falar em línguas é pra edificação individual, porém quem profetiza, traz edificação, exortação à igreja, não é algo pessoal, mas algo coletivo, é nós não servimos à um Deus egoísta, individualista e seletor, servimos }à um Deus de amor, de compaixão e que zela não só por mim ou por você, mas por todos aqueles que O buscam.

 

 

Fico por aqui, obrigado a todos, como sempre digo, se discordar deixe sua opinião nos nossos comentários, fique a vontade pois estamos sempre crescendo em graça e conhecimento, lembre-se também, toda profecia deve ser analisada a luz da palavra de Deus, sigam também as minhas redes sociais: INSTAGRAM: @sedededeuss FACEBOOK: canalsededeus

Sobre o autor Daniel Fernandes

Posts Relacionados

Deixe uma resposta